CARF: Decisão proíbe dedução de ágio da base da CSLL


A 1ª Turma da Carf decidiu que as despesas com ágio não são dedutíveis da base de cálculo da CSLL. A decisão se deu por voto de qualidade. Grande parta das decisões sobre o tema, na 1ª Turma da Câmara Superior, são favoráveis aos contribuintes em razão do desempate pró-contribuinte. No entanto, a situação em questão foi diferente: por ter origem em uma declaração de compensação, não foi possível aplicar…
Pular para a barra de ferramentas