Demissão do secretário da Receita não prejudica reforma tributária, avalia Maia


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avaliou que a demissão do secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, não vai atrapalhar a tramitação da reforma tributária na Câmara. Cintra era um defensor dentro do governo do retorno da CPMF. O tributo tem sido alvo de críticas por parte dos deputados e do próprio presidente Rodrigo Maia.

“O secretário tinha uma posição histórica que tinha uma rejeição na sociedade e essa posição se reflete no Plenário da Câmara. Não sei se isso foi relevante na decisão do presidente de pedir a demissão dele, mas me dá a impressão de que é um pouco por aí. Não sei se há um problema interno dentro da Receita, mas, para o presidente da República pedir a cabeça dele, deve ter tido um motivo sério, mas não sei qual é”, afirmou Rodrigo Maia.

Maia disse que a reforma tributária está tramitando na Casa e tem conseguido apoio dos estados para melhorar o texto. Ele destacou ainda que o próximo passo é buscar apoio dos grandes municípios e mostrar que não vai haver perda de receitas.

Confira a entrevista:

Agência Câmara Notícias

X
- Insira Sua Localização -
- or -

Compartilhe

Pular para a barra de ferramentas