EMENTA.1.DECADÊNCIA-2.OMISSÃO DE RECEITAS- GLOSA DE DESPESAS – 3.GLOSA DE DESPESAS – DEDUÇÃO DE CONTRIBUIÇÃO NÃO RECOLHIDA – 4.PREJUÍZOS FISCAIS – 5.LANÇAMENTOS DECORRENTES.Recurso de ofício não provido e recurso voluntário provido em parte.

25/02/1999 (25 anos atrás)

Acórdão nº 101-92.362, de 15 de outubro de 1998 (DOU de 25/02/99)

1.DECADÊNCIA – Uma vez expirado o prazo previsto no art. 150, § 4º, do CTN, a Fiscalização não está autorizada a promover revisão dos fatos ocorridos e registrados , pois que alcançados pelo instituto da decadência não prevalece a exigência em relação aos valores submetidos à tributação como conseqüência da inobservância da regra que tornara imutáveis os fatos espelhados nos registros contábeis mantidos.

2.OMISSÃO DE RECEITAS- GLOSA DE DESPESAS – Não comprovada a efetiva entrega do numerário registrado como empréstimo, justifica-se a tributação dos valores respectivos corno receitas omitidas. Descaracterizado o empréstimo, não prevalecem as correspondentes despesas de variação monetária .

3.GLOSA DE DESPESAS – DEDUÇÃO DE CONTRIBUIÇÃO NÃO RECOLHIDA – Deve ser objeto de adição ao lucro líquido para apuração do lucro real, a COFINS não paga que foi apropriada como despesa na apuração do lucro líquido, por violar o art. 7º da Lei 8.541/92.

4.PREJUÍZOS FISCAIS – A alteração produzida no valor do crédito mantido deve ser considerada na quantificação dos valores dos prejuízos indevidamente compensados, e que deverão ser adicionados ao lucro real de cada período.

5.LANÇAMENTOS DECORRENTES- Tendo em vista a íntima conexão entre eles, aplicam-se aos lançamentos decorrentes, as razões de decidir quanto ao IRPJ.

Recurso de ofício não provido e recurso voluntário provido em parte.

Por unanimidade de votos, NEGAR provimento ao recurso de ofício e DAR provimento parcial ao recurso voluntário.

Origem: 1º CC/MF, 1ª Câmara, Recorrentes : DRJ EM FLORIANÓPOLIS e PAPEETE ADMINISTRADORA LTDA.
Fonte: Conselho

ICMS SP – DIFAL referente ao ativo imobilizado pode ser considerado para efeito de crédito, mesmo que extemporaneamente
Marco Antonio Espada
22 horas atrás
Súmulas do CARF com efeito vinculante
Roberto Rodrigues de Morais
23 horas atrás
Reforma tributária – Tributação do IBS e CBS no mecanismo split payment
Thiago Santana Lira
2 dias atrás
Defesa dos executados nas execuções fiscais
Roberto Rodrigues de Morais
2 dias atrás
IBS, um imposto para sustentar a oligarquia
Kiyoshi Harada
3 dias atrás

Mais populares

Gorjetas obrigatórias ou compulsórias
Neide Aparecida Rosati
3 dias atrás
A compensação do ICMS/ST pelo estabelecimento atacadista nas aquisições junto a contribuintes substituídos
Isaias Jonas de Andrade
1 semana atrás
Incidência do IBS e CBS no fornecimento ou colocação à disposição de bens e serviços para uso e consumo pessoal
José Homero Adabo
2 semanas atrás
É possível o exercício simultâneo de atividade intelectual (não empresarial) com atividade empresarial permitida ao MEI
Jefferson Souza
2 semanas atrás
Reforma tributária – Tributação do IBS e CBS no mecanismo split payment
Thiago Santana Lira
2 dias atrás