Estudo aponta que defasagem do IR chega a 113% em 24 anos e impede 10 milhões de ficarem isentos


Segundo avaliação divulgada pelo Departamento de Estudos Técnicos do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco), a não correção da Tabela do IRPF pelo índice de inflação faz com que o contribuinte pague mais imposto de renda do que pagava no ano anterior. Desde 1996, a defasagem média acumulada é de 113,09%, suficiente para impedir que mais de 10 milhões de brasileiros se isentem do imposto. O estudo leva…
X
- Insira Sua Localização -
- or -
Compartilhe
Pular para a barra de ferramentas