Governo irá reduzir IOF apenas quando CPMF entrar em vigor, diz Receita

16/09/2015 (9 anos atrás)

BRASÍLIA (Reuters) – O governo federal irá reduzir as alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) somente quando a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) entrar em vigor, informou a Receita Federal nesta terça-feira. O governo anunciou na segunda-feira um pacote de medidas fiscais para garantir um superávit das contas públicas no próximo ano, que tem como principal medida a volta da CPMF, com alíquota de 0,20 por…

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA MEMBRO

Para acessar o conteúdo gratuito, receber atualizações, e montar seu perfil profissional, crie sua conta gratuita.

Por favor, digite um email válido.


Enviando…



Já é membro?

Controvérsias sobre a incidência do IOF nas operações de AFAC e de mútuo, em julgamentos no CARF
José Homero Adabo
2 anos atrás
IOF, extrafiscalidade, anterioridade e legalidade. 2008 e 2021: tão distantes, tão próximos
José Guilherme Fontes de Azevedo Costa
3 anos atrás
Um estudo sobre o Sistema Fiscal brasileiro
Murilo Cesar Monteiro Godoy
4 anos atrás
Tributação nas empresas em tempos de Coronavírus (Covid-19): uma perspectiva.
Ricardo Menezes Cordeiro
4 anos atrás
IOF sobre o câmbio diferido das receitas de exposição segue controverso
Igor Mauler Santiago
5 anos atrás

Mais populares

Impedimento de utilização de créditos judiciais (tese exclusão ICMS) para abatimento de débitos de parcelamentos em aberto
Jefferson Souza
2 semanas atrás
Diferente do ICMS, FECP não pode ser excluído da base do PIS e da COFINS, segundo a Receita
Jefferson Souza
1 semana atrás
Não recolhimento do ICMS próprio e a necessidade de dolo para o crime de apropriação indébita
Thiago Santana Lira
2 semanas atrás
Opção pela atualização do valor de bens e direitos no exterior – prazo e condições
Neide Aparecida Rosati
1 semana atrás
Retificação CFOP – ICMS/ST
Isaias Jonas de Andrade
1 semana atrás