Juíza dá 48 horas para Ipesp cumprir decisão que proíbe desconto de IR


A juíza federal Tatiana Pattaro Pereira deu prazo de 48 horas para que o superintendente do Instituto de Pagamentos Especiais do Estado de São Paulo (Ipesp) cumpra decisão que proibiu o desconto de Imposto de Renda da restituição da previdência de advogados de São Paulo, além de devolver os valores retidos indevidamente. A posição do Ipesp afronta decisão liminar da 2ª Vara Cível Federal de São Paulo, que mandou que as autoridades parem de exigir ou…
X
- Insira Sua Localização -
- or -

Compartilhe

Pular para a barra de ferramentas