Justiça decide extinguir dívidas tributárias de sócio de restaurante falido há 7 anos


O juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, decidiu extinguir as dívidas do sócio de um restaurante que teve a falência encerrada há sete anos, incluindo as obrigações de natureza tributária. O entendimento do magistrado é o de que se todos os credores estão sujeitos à falência, incluindo os credores tributários, e todos os bens do devedor já foram destinados…
Pular para a barra de ferramentas