STJ mantém execução fiscal de R$ 511 milhões contra a CPFL


A 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça manteve decisão que condenou a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) ao pagamento de dívida de R$ 511 milhões à Fazenda Nacional. O colegiado entendeu pela impossibilidade de julgar o mérito da causa em razão dos enunciados das Súmulas 5 e 7 do STJ, porém afastou multa protelatória aplicada à empresa na segunda instância. Segundo o processo, em 1998 foi feito um acordo entre a CPFL…
X
- Insira Sua Localização -
- or -

Compartilhe

Pular para a barra de ferramentas