TRF1: Exigível a contribuição previdenciária sobre pro-labore e não sobre a participação nos lucros da empresa


A 8ª Turma do Tribunal Federal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou provimento à apelação interposta por uma empresa contra a sentença, do Juízo da 14ª Vara Federal de Minas Gerais, que denegou a segurança para desobrigar a impetrante de recolher contribuição previdenciária sobre os lucros distribuídos aos sócios sob a rubrica pro-labore e, consequentemente, repetir o indébito dos cinco anos anteriores ao ajuizamento da ação. Em suas alegações…
X
- Insira Sua Localização -
- or -
Compartilhe
Pular para a barra de ferramentas