TRF4 mantém condenação penal de psicóloga que fraudou declaração de IR


Uma psicóloga de 52 anos foi condenada pela 8ª Turma da Corte TRF4 por prática de crime contra a ordem tributária, consistente em fraude e sonegação de impostos. A mulher omitiu informações e prestou declaração falsa às autoridades fazendárias sobre o IRPF correspondente ao ano base de 2013. O julgamento do colegiado foi proferido por unanimidade em sessão ocorrida na última semana (24/11). Consta na denúncia do MPF que a psicóloga,…
X
- Insira Sua Localização -
- or -
Compartilhe
Pular para a barra de ferramentas