Conciliação e arbitragem no novo Código de Processo Civil: Imperiosidade de tangenciamento multidisciplinar


O direito no Brasil construiu-se com um pretensa autonomia em relação às outras ciências sociais, de tal forma que contribuições expressivas a inserir-se na forma de dizer o direito, permanecem, ademais, inócuas, por voluntarismos vetustos. Provavelmente, apenas para mencionar aos aspectos financeiros que permeiam aos litígios, com a premissa de que o dinheiro tem valor no tempo, e, portanto, há uma taxa de juros (que remunera) o fator de produção…
Foto de perfil
Advogado inscrito na OAB/ES 10.665, Contador inscrito no CRC/ES 7.744, Perito Judicial Cível e Trabalhista, Auditor Independente, Consultor Empresarial. Pós-graduado em Planejamento Fiscal e Auditoria Contábil pela UVV/ES; Pós-graduado em Direito Tributário pela FGV/RJ; Pós-graduado em Direito Processual Civil pela FDV/ES; Pós-graduado em Direito Público pela FDV/ES; Mestre em Planejamento Tributário pela FUCAPE/ES.
X
- Insira Sua Localização -
- or -

Compartilhe

Pular para a barra de ferramentas