Que venha a bonança tributária no Brasil


Depois da tempestade, sempre vem a bonança. Pelo menos no ditado. Mas, em matéria tributária, o ditado parecia não funcionar muito bem. Acostumados aos freqüentes aumentos da carga, os contribuintes só tinham a lamentar e a sonhar com a etérea bonança. Aumentos de alíquotas, de bases de cálculo, do número de contribuintes e mesmo do número de impostos, taxas, contribuições e outros bichos. A rotina sempre foi essa: um campeonato…
Pular para a barra de ferramentas