Limite razoável para se manter o crédito na quebra de estoques nos tributos não cumulativos

14/05/2015 (9 anos atrás)
1 comentário

Nosso objetivo é trazer à discussão sobre a exigência do estorno de crédito, nos tributos não cumulativos, face às perdas, quebras e desvios de estoque mercadorias, tão inevitáveis quanto comuns nas empresas, mormente às de auto serviço, o que necessita não só ser melhor repensada e discutida, mas de uma definição mais razoável da legislação…

Already a member? Fazer Login
Ivo de Lima Barboza

Auditor de Tributos de Pernambuco aposentado, ex Secretário Adjunto da Fazenda de Pernambuco, Conselheiro do 1º Conselho de Contribuinte do...

ECF – Erros nos registros N620, N630 E Y570
Neide Aparecida Rosati
2 dias atrás
Lei Abrangente que Estimula o Empresário
Sandra de Lacerda Rodrigues
2 dias atrás
O princípio da eticidade
Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
2 dias atrás
Contribuintes que possuíam decisões judiciais desfavoráveis podem, mesmo assim, beneficiar-se da exclusão do ICMS da base do PIS e da COFINS
Jefferson Souza
3 dias atrás
O que se pode dizer sobre a reforma tributária
Roberto Rodrigues de Morais
3 dias atrás

Mais populares

ICMS/IPI – Ajuste SINIEF simplifica operação de devolução de mercadorias não entregues
Marco Antonio Espada
3 dias atrás
Reforma tributária – Tributação do IBS e CBS no mecanismo split payment
Thiago Santana Lira
2 semanas atrás
ICMS SP – DIFAL referente ao ativo imobilizado pode ser considerado para efeito de crédito, mesmo que extemporaneamente
Marco Antonio Espada
1 semana atrás
Reforma Tributária – PLP 68/24 que regulamenta os tributos sobre consumo foi aprovado pela Câmara dos Deputados
Marco Antonio Espada
6 dias atrás
Porque os dividendos não são tributados?
Isabella dos Santos Coelho
1 semana atrás