Guedes, a ”reforma” do IR ou IR mais alto?

A tributação de 20% sobre dividendos e lucros distribuídos pelas pessoas jurídicas (exceto microempresas), como proposto pelo governo, implica não apenas aumento da carga tributária geral como induz a diminuição do investimento empresarial e desestimula o capital externo em investimentos diretos no Brasil. Em suma, é mais um tiro no pé. Guedes, além de não saber atirar, quando o faz mutila algum ponto do organismo econômico do Brasil. O impedimento…
Foto de perfil
Jurista, advogado tributarista, ex-juiz federal, professor de Direito Tributário, escritor e articulista do jornal Estado de Minas.
X
- Insira Sua Localização -
- or -
Compartilhe
Pular para a barra de ferramentas